Social

Projeto Social SURF.ART leva pequenos surfistas ao pico do Cabedelo

art3Têm entre 9 e 10 anos e desenvolvem o seu potencial a surfar as ondas de Carcavelos. Os pequenos surfistas do projeto social SURF.ART partiram em direcção à praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, para a sua primeira surftrip.

Com o objectivo de desenvolver a resiliência e o sucesso na vida de crianças e jovens, o projeto social SURF.ART levou os seus pequenos surfistas, residentes no Bairro da Cruz Vermelha, em Cascais, a conhecer uma das melhores ondas do país: o pico do Cabedelo, na Figueira da Foz.

Em terra para os receber esteve a iSURF Academy – escola de surf sediada no areal da praia do Cabedelo. “Para nós é um prazer e um privilégio associarmo-nos à dimensão social que o surf pode trazer”, afirmou, por seu turno, Eurico Gonçalves, da escola.

O intenso fim-de-semana foi assinalado pelo envolvimento activo das crianças nas experiências desafiadoras propostas pela equipa. Desde a montagem do acampamento no parque de campismo da Foz do Mondego, às sessões de educação vivencial e terapia pela aventura dinamizadas no mar e em terra, os pequenos surfistas fizeram descobertas e vivenciaram o conhecimento por si próprios. Tiveram a oportunidade de reforçar o seu processo de aprendizagem que, ao longo dos últimos 6 meses, esteve focado no desenvolvimento de competências como a autonomia, a liberdade de expressão e a gestão das emoções através da prática do Surf.

Os momentos mais marcantes foram vividos a surfar o pico do Cabedelo com o apoio local da iSurf Academy e da SOS Salvem o Surf. O Surf.Art contou ainda com a visita do Sr. Presidente da Câmara da Figueira da Foz, Dr. João Ataíde, e respectivos Vereadores Miguel Almeida e Daniel Santos que na tarde de sábado conheceram os nossos pequenos surfistas.

Do mar da Figueira da Foz para a Serra da Boa Viagem, os desafios continuaram pelos percursos de arborismo do Parque Aventura instalado na zona. “Foi um fim-de-semana que deu lugar à aprendizagem, às emoções fortes e que encerrou as actividades do Surf.Art neste primeiro semestre. A cerimónia de encerramento foi um momento chave onde as crianças referiram os pontos fortes e a evolução de todos os membros do grupo e o impacto do projeto nas suas vidas em casa, na escola e nas relações com os seus pares”, afirmaram Nuno Fazenda e Paulo Canas, os surfistas mentores do projeto.

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s